Sábado, 20 de Março de 2004

LUIS BUÑUEL

Bacanal


Carneiro de 125 pesetas,

caracóis abundantes, manuais como o ventre da mulher de 150 pesetas;

os pães que o pobre come

podem ser amassados desse ventre

e cozidos com fogo de polegares.

Quando cruzamos os polegares para formar uma harpa

renova-se o martírio de S. Bartolomeu,

que, souberam depois, era um diabo

ou um fauno

que se ria da cruz.

Ao morrer comeram-no umas formigas de ouro

que tinham carne de moura

e cu de bailadeira.

S. Bartolomeu e o fauno dançavam

enquanto as pedras saíam disparadas da terra

como beijos atirados com a ponta dos dedos.

Do túmulo de S. Bartolomeu sai uma espiga de bronze

por cada beijo que pôde e não quis roubar.






LUIS BUÑUEL


tradução de Mário Cesariny
publicado por CONSTALVES às 01:48
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Caetano Veloso

. Andrea Paes

. Samih al-Qasim

. W. H. Auden

. Ana Marques Gastão

. Eva Christina Zeller

. Casimiro de Brito

. Ana Luísa Amaral

. Fiama Hasse Pais Brandão

. Daniel Faria

.arquivos

. Agosto 2008

. Janeiro 2008

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Abril 2005

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds